HCTCO inaugura serviços de hemodinâmica e de cirurgia cardíaca

HCTCO inaugura serviços de hemodinâmica e de cirurgia cardíaca
HCTCO inaugura serviços de hemodinâmica e de cirurgia cardíaca

HCTCO inaugura serviços de hemodinâmica e de cirurgia cardíaca

O Hospital das Clínicas de Teresópolis Costantino Ottaviano (HCTCO) fez o lançamento no dia 29 de julho, dos novos serviços de hemodinâmica e de cirurgia cardíaca em cerimônia com restrição de público, respeitando as normas sanitárias impostas pela pandemia da Covid-19.  O evento contou com a presença dos diretores do hospital; de membros do Conselho da Fundação Educacional Serra dos Órgãos (Feso); de membros da direção do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso); do prefeito de Teresópolis, Vinicius Claussen; do vice-prefeito, Dr. Ari Boulanger; além da equipe médica e de médicos convidados.

A partir deste mês, serão oferecidos na unidade hospitalar procedimentos de hemodinâmica, que identifica obstruções das artérias coronárias ou avalia o funcionamento das válvulas e do músculo cardíaco com a finalidade de diagnosticar uma possibilidade de infarto agudo do miocárdio ou determinar a exata localização da obstrução que está causando o infarto. Até então, os pacientes de Teresópolis eram encaminhados para outras cidades para realizar esses procedimentos, já que na cidade ainda não havia infraestrutura, equipe especialista e o equipamento necessário.

O HCTCO iniciará também o serviço de cirurgia cardíaca, no mesmo momento dos serviços de hemodinâmica. “O dia de hoje traz uma nova etapa muito importante para o hospital e para Teresópolis. O HCTCO está em franca expansão para se tornar um complexo hospitalar referência na Região Serrana do estado. Avançamos muito nos últimos anos, quem conhece o hospital se surpreende com todas as transformações, principalmente na estrutura física, com o cuidado de manter e melhorar cada vez mais a qualidade no atendimento prestado. Hoje inauguramos mais um capítulo na nossa história: a excelência em cardiologia. Vamos avançar em procedimentos ainda não realizados no município e alguns ainda não realizados na Região Serrana”, declarou a Dra. Rosane Rodrigues Costa, diretora Geral do HCTCO.

O Dr. Antonio Luiz da Silva Laginestra, presidente da Feso, lembrou os investimentos e as melhorias que têm sido feitas para transformar o HCTCO em um hospital referência em alta complexidade. “Há dois anos estávamos inaugurando o prédio da maternidade. De lá para cá, modernizamos a urgência e emergência do hospital, construímos consultórios, área de repouso com dez leitos, além da sala de estabilização para pacientes graves. Nossa internação particular/convênio foi ampliada para 41 leitos, mais 11 leitos day clinic. Novos quartos com instalações diferenciadas também foram construídos. Investimentos foram realizados nas reformas e modernizações das enfermarias e nos blocos cirúrgicos e clínicos destinados aos usuários do SUS. A pediatria também foi toda reformada, conta agora com nova decoração, refeitório próprio e brinquedoteca. Dispomos de dois Centros de Terapia Intensiva, com 26 leitos no total, e um Centro Cardiointensivo com dez leitos. No momento, estamos construindo um novo prédio para exames e um amplo e confortável centro de estudos e espaço de convivência para os nossos alunos”, contou.

Verônica Albuquerque, reitora do Unifeso, lembrou que o início dos serviços de hemodinâmica e de cirurgia cardíaca vão beneficiar também os estudantes. “A área acadêmica comemora demais, porque o hospital crescer e se qualificar significa a qualificação dos nossos estudantes também. A partir de agora vamos conseguir atender pacientes de uma especialidade em que o tempo é fundamental para definir o prognóstico, a sobrevida e a qualidade de vida. É oportuno dizer como é importante ter uma instituição como a Feso em Teresópolis, uma fundação que nasceu na cidade, que tem uma responsabilidade social enorme com o município. Estamos aqui para a cidade se desenvolver junto com a gente”, disse.

O Dr. Joaquim Coutinho, coordenador da equipe de Cirurgia Cardíaca do HCTCO, participou do processo de implantação do novo serviço desde o início. “Tenho uma sensação de orgulho de ter participado de todo o processo, por isso, estar aqui me deixa muito feliz. Acredito que os transplantes venham a ser o próximo passo deste grandioso projeto”, adiantou. Já o Dr. Daniel Peralta, coordenador da equipe de hemodinâmica do HCTCO, disse que veio do Rio de Janeiro com a missão de ofertar qualidade de vida ao paciente cardiológico da região: “a hemodinâmica é a especialidade da cardiologia que se destina ao diagnóstico de múltiplas cardiopatias, bem como de seus tratamentos. Trata-se de uma especialidade cuja finalidade é auxiliar no diagnóstico, propondo tratamentos específicos que visam antecipar os quadros de maior gravidade. Lidamos com a linha tênue entre a vida e a morte. Para que a saúde do coração se mantenha preservada é exigido cuidado e amor à profissão. Meu comprometimento não é só com esta instituição que me acolheu, mas com a cidade de Teresópolis”.

Fonte: Unifeso Jornalismo