Projeto ‘Proteger Teresópolis Rural’

Projeto ‘Proteger Teresópolis Rural’
Projeto ‘Proteger Teresópolis Rural’

‘Proteger Teresópolis Rural’: Projeto une Prefeitura e UNIFESO no diagnóstico produtivo, ambiental, socioeconômico e sanitário da agricultura no município

Também são parceiros a Secretária Estadual de Agricultura e a Emater-Rio

Teresópolis, 26 de julho de 2021 – Considerado o maior produtor de hortaliças no estado do Rio de Janeiro e possuidor de expressivo patrimônio ambiental, o município tem a sua produção agropecuária como alvo do projeto Proteger Teresópolis Rural, uma realização do Centro Universitário Serra dos órgãos (UNIFESO) em parceria com a Prefeitura. O lançamento do projeto está marcado para o dia 3 de agosto, com cerimônia restrita a um número reduzido de convidados por conta da pandemia, e terá transmissão online.

A proposta do trabalho conjunto, que une as secretarias municipais de Agricultura, de Meio Ambiente, de Saúde e de Defesa Civil, e também a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento e a Emater-Rio, é fazer um diagnóstico socioeconômico da agricultura, abrangendo as questões sanitárias, produtivas e ambientais da atividade agrícola de Teresópolis.

Os dados serão coletados por estudantes dos cursos de Medicina Veterinária e de Nutrição, com apoio do poder público. Os universitários participarão de atividades de campo, com visitas às propriedades do 2º e do 3º Distritos para entrevistar produtores e trabalhadores rurais.

A iniciativa leva em conta que, apesar da fundamental importância deste segmento econômico para a geração de renda, a fixação do homem no campo e o abastecimento do mercado da região metropolitana do Rio de Janeiro, Teresópolis não possui dados oficiais detalhados do setor. Essas informações são consideradas de fundamental importância para a formulação de políticas públicas e privadas e a realização de ações para o desenvolvimento regional, preservação ambiental e a melhoria qualidade de vida dos trabalhadores e da população rural do município.

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis