Teresópolis terá a primeira Pós-Graduação promovida por instituição federal

Cerimônia de lançamento da primeira Pós-Graduação Federal em Educação Especial e Inovação Tecnológica do Rio de JaneiroTeresópolis terá a primeira Pós-Graduação promovida por instituição federal

Curso em Educação Especial e Inovação Tecnológica da Cecierj, em parceria com a UFRRJ, vai oferecer 100 vagas no município

Teresópolis, 13 de maio de 2022 – Teresópolis terá a primeira Pós-Graduação promovida por instituição de ensino federal. O curso gratuito em Educação Especial e Inovação Tecnológica da Fundação Cecierj, em parceria com a UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro), vai oferecer 100 vagas no município. O secretário de Ciência e Tecnologia, Vinicius Oberg, representou o prefeito Vinicius Claussen na cerimônia de lançamento da especialização nesta quinta-feira, 12, na sede da fundação, no Rio de Janeiro. As datas de inscrições e de início das aulas serão divulgadas.

“O Estado do Rio de Janeiro ganhou a primeira pós-graduação lato sensu em Educação Especial e Inovação Tecnológica e Teresópolis também foi contemplada. Serão oferecidas 100 vagas em nosso município para o próximo semestre. O curso foi pensando nos princípios da acessibilidade curricular, pedagógica e tecnológica”, destacou o secretário de Ciência e Tecnologia, Vinicius Oberg, informando que o curso será semipresencial, com aulas no ambiente virtual e atividades presenciais nos dois meses finais da especialização, no Polo Cederj de Teresópolis, que é administrado pelo Cecierj (Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro).

A Fundação Cecierj, vinculada da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, celebrou o início do curso, que conta com 1700 alunos inscritos e contou com a presença do secretário da Secti, João Carrilho, presidente do Cecierj, Rogério Pires, reitor da UFRRJ, professor Roberto de Souza, a coordenadora geral da especialização da UFRRJ, professora Márcia Denise Pletsch, e demais parceiros que contribuíram para a oferta desta iniciativa. Vinicius Oberg, sec. M. de Ciência e Tecnologia, e João Carilho, sec. de estado de Ciência e Tecnologia, no lançamento da pós-graduação em Educação Especial e Inovação Tecnológica

O curso

O curso é voltado aos profissionais da Educação que desejam buscar mais conhecimentos sobre os processos de ensino e aprendizagem de estudantes com deficiência, principalmente com deficiência intelectual, múltipla e a síndrome congênita do zika vírus. Além disso, a iniciativa vai oferecer estratégias curriculares acessíveis e recursos tecnológicos e pedagógicos a serem empregados na escolarização do público da Educação Especial.

“Temos uma parceria de extrema relevância com a UFRRJ e os números que atingimos comprovam a eficiência dessa oferta. São 1700 alunos matriculados e os trabalhos de conclusão de curso vão levar em consideração a realidade de cada um desses alunos. Isso só reforça a ideia de unicidade, de colaboratividade, além do apoio que temos dentro da secretaria e também com os nossos parceiros federais e municipais”, destacou o presidente da Fundação Cecierj, Rogerio Pires.

A primeira turma, que será realizada na modalidade semipresencial, conta com 1700 alunos inscritos: professores da educação básica e profissionais que atuam em setores de apoio à inclusão e acessibilidade na educação superior do Rio de Janeiro. O curso será realizado na modalidade semipresencial com as aulas ocorrendo na plataforma virtual de aprendizagem da Fundação Cecierj. Já as atividades presenciais, que vão ocorrer nos dois meses finais, serão realizadas em 14 polos, entre eles, Teresópolis.

Fotos: Divulgação

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis Vinicius Oberg, sec. Ciência e Tecnologia, e Rogério Pires, pres. do Cecierj