Escola José Guarilha Júnior, em Sebastiana, é reaberta em tempo integral

Prefeito Vinicius Claussen e Vera Lúcia Gaspar Guarilha Nogueira, da família que doou o terreno para construção da escola
Prefeito Vinicius Claussen e Vera Lúcia Gaspar Guarilha Nogueira, da família que doou o terreno para construção da escola

Escola José Guarilha Júnior, em Sebastiana, é reaberta em tempo integral como CMEI e se torna Escola Municipal Olímpica de Teresópolis

Teresópolis, 14 de fevereiro de 2022 – Fechada desde 2018, a escola José Guarilha Júnior, em Sebastiana, no 3º Distrito, foi reinaugurada nesta sexta-feira, 11/02, pelo Prefeito Vinicius Claussen, como Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) e se torna uma EMOT – Escola Olímpica Municipal de Teresópolis. Os 75 alunos das turmas de Pré 1 e 2 começam a estudar nesta terça-feira, 15/02, em tempo integral, das 7h30 às 15h30. Receberão 4 refeições balanceadas e, além do conteúdo regular, terão aula de educação física e oficinas de inglês e de arte.

Eixo do Programa Transforma, do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), a escola olímpica é fundamentada na apropriação e utilização da cultura corporal do movimento e segue modelo pedagógico vocacionado para o esporte, com a missão de formar o aluno-atleta-cidadão. Voltada para os anos iniciais do Ensino Fundamental, a proposta está em implantação em outras 15 unidades escolares de tempo integral, na cidade e no interior.

“Estive aqui em julho de 2018, assim que assumi a Prefeitura. A escola tinha laudo de interdição e era alvo de um termo de ajuste de conduta do Ministério Público, emitido entre 2016/2017 pedindo a realocação dos alunos para desativação da unidade. De posse de laudos da Defesa Civil e da Secretaria de Meio Ambiente liberando o prédio escolar para funcionamento, abraçamos essa causa, não só pela comunidade, mas para cumprir a nossa missão pública de servir. Investir em educação é uma das prioridades do nosso governo”, assinalou o Prefeito Vinicius Claussen, acompanhado por secretários e subsecretários municipais. Também participaram do evento os vereadores Bruninho Almeida, Amós Laurindo, Gustavo Simas e Teco Despachante e o ex-deputado estadual Nilton Salomão.

“Sebastiana recebe uma escola pública de qualidade, onde nossas crianças serão acolhidas em um trabalho pioneiro. Começamos um programa pedagógico lindo, com ensino em tempo integral, alimentação escolar balanceada, a proposta da formação do aluno-atleta-cidadão e espaço para futura implantação de um laboratório InovaLab. Nosso agradecimento aos pais por nos confiarem os seus filhos”, comentou a secretária municipal de Educação, Satiele Santos.

Prefeito Vinicius Claussen (à dir.), vereadores, secretários Satiele Santos e José Carlos da Estufa e equipe do CMEI
Prefeito Vinicius Claussen (à dir.), vereadores, secretários Satiele Santos e José Carlos da Estufa e equipe do CMEI

Para o secretário municipal de Agricultura, José Carlos Fita, que se mobilizou, junto com os moradores, pela reabertura da escola, foi um dia de grande alegria. “Agradeço a todos que sabem da nossa luta. A reinauguração dessa escola é muito importante pra mim, como cidadão que mal completou os estudos. Ela volta a atender nossas crianças de 4 e 5 anos, não tem coisa melhor”, disse, emocionado.

Novo tempo

Inaugurada na década de 1950 como Escola Municipal de Sebastiana, a unidade escolar recebeu o nome do patrono José Guarilha Júnior em 1985. Possui 3 salas de aula, refeitório, espaço para futura implantação do laboratório de informática, refeitório, salas administrativas e sanitários.

“Essa foi minha primeira escola no município e fiquei muito triste quando ela fechou. Hoje é um dia de alegria, pois a nossa escola está preparada para nossos alunos. Seremos exemplo para nossa comunidade”, agradeceu a diretora, professora Adriana Cruz.

Neta de José Guarilha Nogueira, cuja família doou o terreno para a construção da escola, Vera Lúcia Gaspar Guarilha Nogueira marcou presença na reinauguração. “É uma satisfação muito grande ver que a nossa escola voltou a ter atividade educacional para atender as crianças de Sebastiana e vizinhança”, destacou.

Os moradores também comemoraram. “Antes, as crianças saíam de Sebastiana para estudar em Imbiú e agora temos nossa escola de volta”, disse o auxiliar de produção Martinho Fernandes. “Agora ela tem melhor estrutura e espaço adequado para os alunos”, opinou a lavradora Ana Paula Fernandes. “Muito bom o horário integral, os pais que trabalham ficam tranquilos, pois sabem que as crianças estão em segurança”, finalizou a segurança Josiane Rodrigues.

Fotos: Bruno Nepomuceno

Fonte: Assessoria de Comunicação de Teresópolis